quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Espectáculo!...


"Fátima Felgueiras custeou a sua fuga para o Brasil quando ignorou o mandado do Tribunal da Relação de Guimarães que determinava a sua prisão preventiva, com o dinheiro da autarquia de Felgueiras.

Os custos do seu advogado brasileiro, Paulo Ramalho, que evitou a prisão preventiva e consequente extradição, alegando a dupla nacionalidade da autarca, foram pagos pelos cofres da Câmara. O último pagamento foi feito já neste ano e totaliza 22 mil euros. Fátima fez um requerimento à Câmara, a 24 de Janeiro, pedindo que a mesma quantia lhe fosse paga, e a ordem de pagamento é datada de cinco dias depois. Fátima recebeu os 22 mil euros a 7 de Fevereiro.”

Exclusivo de hoje do Correio da Manhã. Notícia completa aqui.

X&Q217

Mas isso alguma vez “fez sentido”?

Foto sacada daqui




O PSD pretende que as áreas que se encontram na jurisdição do IPTM, que não estão afectas à actividade portuária, passem para a autarquia porque "não faz sentido".

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

TERMINOU O BRAÇO-DE-FERRO ENTRE O PCP E MESQUITA

Luisa Mesquita: traíu ou foi traída?


“O PCP de Santarém assumiu ontem - com a ratificação dos organismos executivos - a expulsão de Luísa Mesquita do partido invocando a "grave violação" dos estatutos partidários e a quebra de compromissos assumidos.”

O que ganhou o PCP?
Aparentemente nada. Luisa Mesquita dixit em Outubro 29, 2007: "O PCP tem a vantagem de continuar como terceira força política e de impedir que eu me pronuncie e que eu efectivamente trabalhe. E, ao mesmo tempo, não se promove a expulsão, porque ao promover a expulsão eu teria condições para trabalhar de forma independente".

Para quê então a expulsão? Isso é um assunto interno do PCP. Como não sou militante deste, nem de nenhum Partido, não conheço obviamente pormenores que deverão ser importantes.
Todavia, vinda de quem vem, "esta indignação com a expulsão de Luisa Mesquita não deixa de ser comovente”...

Revela, no mínimo, uma santa ingenuidade!..
Deviam era ficar contentes por o PCP expulsar gente! Assim são cada vez menos!...

X&Q216

O PODER DA MEMÓRIA

"Quando Mário Soares repete o que tem vindo a dizer: "Gostaria que o PS se voltasse um bocadinho para a Esquerda", ele sabe, muitíssimo bem, que a viragem é impossível com esta gente. Ela não se nutre na moral, despreza a ética, tripudia sobre a ideologia, está ferida de autoritarismo grosseiro. Sobretudo, não tem memória e combate quem a ilumina."

Baptista-Bastos, hoje no DN.

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Que DOM...

Foto sacada daqui



Alertado por este post do magnífico blogue Prosas Vadias, passei boa parte desta tarde a ouvir Januário Torgal Ferreira...

Como diria uma pessoa que muito estimo: "foi um bálsamo para a alma". São 48m43s que valem a pena. Clique aqui.

Actualização: Clique aqui, pode ler um excerto.

Isto tem directamente a ver connosco...

Foto antónio agostinho

A Figueira da Foz, possui cerca de 40 quilómetros de costa e a "a frágil estabilidade da frente marítima agrava-se continuamente e se não há intervenção rápida continuará a agravar-se.” , disse Duarte Silva, intervindo numa sessão promovida pela Ordem dos Engenheiros. Na mesma oportunidade, o Presidente da Câmara da Figueira da Foz frisou ainda que houve "inúmeras reuniões técnicas, desde 2003, mas todos os estudos já realizados continuam por executar".

Cá está, uma preocupação que partilhamos com o autarca figueremse. Ao longo do ano e tal de existência deste Outra Margem, conforme se pode verificar clicando, por exemplo, aqui e ainda aqui, vamos deixando os alertas...
Será que alguém nos ouve?

A coerência....


... em pessoa.

Ontem, Ministro dos Negócios Estrangeiros. Hoje, Presidente.

Ai Timor!...

Gatos Fedorentos com concorrência ...

Pedro Moutinho, líder da Juventude Popular (JP) ....

...“apontou ontem o presidente do grupo parlamentar do PCP Bernardino Soares,como um dos principais protagonistas dos "distúrbios revolucionários" do Verão Quente de 1975!..."


Nessa época, o deputado comunista tinha apenas quatro anos!...

X&Q214

sábado, 24 de novembro de 2007

Como é bom recordar os dias e noites passados nesta casa


Sei que não acontece só neste blogue.... Como isto é uma janela aberta, por vezes entra-nos em casa lixo deste. Normalmente, isto vai directo para a reciclagem, mas hoje como até estou bem disposto, vejam estas duas pérolas:

“Tu é que podias ir pa treinador e selecionador da seleção... (“palavreado impublicável”...) já éramos campiões.
Podes começar mesmo por treinar e ser presidente do Cova-Gala e da Junta e mais alguma coisa, que burros como tu é cpoisa que aqui não falta.”

“Deve ser por teres estado lá tantas vezes que aquilo está amerda que está.“


Vou descansá-los, não é que o mereçam, mas não gosto de ver ninguém perturbado!...
O dirigismo, a seu tempo, foi um prazer. Lembro-me, aí pela década de 80 do século passado, do Cova-Gala, o Leirosa e outros pequenos Clubes do nosso concelho, em alguns jogos, terem assistências mais numerosas, em partidas do distrital, do que, agora, a Naval na nata das provas nacionais.
E se, nesses tempos, havia dificuldades?... A casa da foto, emprestada gratuitamente por um sócio e grande Amigo do Cova-Gala, a quem o Clube muito deve em reconhecimento e gratidão, de seu nome Reinaldo Mano, funcionou como sede durante vários anos!... E a iluminação para os treinos? Nem queiram saber o sacrifício que era necessário para conseguir arrancar com o gerador para ter treino...
Mas, entretanto, as coisa mudaram muito... E ainda bem.

A politização deste desporto, quase que matou o futebol... Veja-se quem é o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, da Liga de Clubes, das Comissões de Árbitros, dos Conselhos de Disciplina?.. Veja-se quem é o Presidente da AFC!...
Políticos e deputados do chamado bloco central!...
Até aqui, na nossa Terra, recordem-se de quem se serviu do futebol, ainda nas últimas eleições autárquicas, para ir fazer propaganda partidária, dentro das instalações do clube em dia de jogo!...

Futebol e política, de há uns anos a esta parte, até no futebol amador, anda tudo perigosamente ligado...
Daí, ser fácil compreender que, até no distrito de Viseu, tenha surgido um caso de compra de árbitros!... Afinal, pequenos clubes, com estádios modestos e assistências irrisórias, também podem dar azo à corrupção!..

O episódio dos dois árbitros e dois dirigentes de clube da região de Viseu podia ser pretexto só de sorrisos - afinal, a honra de alguns árbitros pode ser comprada por 500 euros, e menos!... mas seria errado ficar por aí.
Já é considerado dado adquirido no combate à delinquência, que fechar os olhos ao pequeno crime abre as portas ao grande.

Por esta e por outras, é que já me mataram o prazer do futebol há muito...
Andam pessoas muito mal formadas no meio, como presumo seja o caso do anónimo(s) nada educado(s)...
Por isso, é que apesar de em 30 anos de vida do Cova-Gala, ter lá estado 14 como dirigente e continuar a gostar muito do Clube, podem descansar os espíritos malévolos, ou medrosos não sei de quê, que não me apanham lá!..

X&Q208

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Propositadamente, sem título...

O Grupo Desportivo Cova-Gala foi fundado no dia 5 de Outubro de 1977. Tem, portanto, pouco mais de 30 anos de existência. Confesso que sou do Cova-Gala. Não há bem nem mal nenhum nisso. Não proclamo que sou do Cova-Gala, mas tenho orgulho nisso. Digo, apenas, que sou do Cova-Gala, simplesmente porque o sou.

A Figueira ficou mais pobre

Segundo o seu autor o à beira-mar, “depois de 3 Anos, 34 dias e mais de 287 mil visitas...” termina aqui.

"E agora, que a lua escureceu
e a guitarra se partiu
D. Quixote foi-se embora
com o amigo que a tudo assistiu"

Um abraço ao Zé Luís de Sousa...

Anoitecer no Cabedelo

Foto António Agostinho

Da esplanada, a chuva, fria e intensa, vai deixando espreitar a praia, para poente, logo ali, com o mar como pano de fundo...
Nasci, cresci e sempre tenho vivido rodeado pela água. A nascente e a norte, o rio onde aprendi a nadar sozinho; a poente, mar duma beleza nunca repetida e as praias da Cova-Gala, duma beleza inigualável...
Praias que, hoje, já são procuradas por grandes interesses turísticos internacionais... O que é uma ameaça de degradação a ter na devida conta...
Não podemos, nem devemos, esquecer que a presença do homem, em massa, com o seu poder de destruição, já fez das suas em quase todo o litoral português. De norte a sul do nosso rectângulo, poucos locais devidamente preservados restam.
As praias da nossa Terra já têm modificações que cheguem.. Depois, estas belezas naturais, não se pintam, não se constróem, elas existem, para que possam ser admiradas e usufruídas, com o respeito que se deve ter por uma delicada flor...
Por isso, convém que sejam devidamente preservadas...

X&Q210

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Fim de semana ...

do G. D. Cova-Gala. Ver aqui o calendários dos jogos.

Empatamos com os finlandeses e vamos ao Europeu de Futebol!...


Scolari irritou-se com as perguntas dos jornalistas portugueses!...
“Como se viu ontem, foram os murros no Sérvio - e a suspensão de Scolari - que salvaram o apuramento de Portugal.”

“Os portugueses são merdosos”?


Convidado para falar nas Tertúlias do Casino na Figueira, na noite de terça-feira, segundo o diário As Beiras “sem papas na língua, José Miguel Júdice meteu Salazar, Cavaco e Sócrates no mesmo saco e chamou "merdosos" aos portugueses.”
Mas uns mais do que outros, ok, senhor doutor?

Portugal continua a ser é um país com classes.
Por mim, considero sermos mais um país de “manhosos”.
Somos o país de um Durão Barroso, “que sabia a dimensão do desastre e fugiu”.
Somos o país de um António Guterres, “que ajudou a construí-lo e fugiu”.
Somos um país “de um Santana Lopres, que conhecia o problema e o escondeu.”
Somos o país de um Cavaco Silva, “que foi o primeiro a dar de comer ao monstro que mais tarde enunciou”.

Somos o país de um Socrates, “(.....)”.
Enfim, somos Portugal...
“Somos um país muito merdoso?..”
Quem está mal, muda-se, que foi o que José Miguel Júdice precisamente fez.

X&Q209


quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Inflacção...







, a culpa é da "valorização do euro".

A tarde está para isto...

O Portugal europeu!...

Ou assim.

(Ensinaram-nos a ter orgulho em ser portugueses...
Já me tenho interrogado porquê? Pela nossa História? Pelo legado dos nossos antepassados?
O que vale é que o nosso País é lindo e está à beira-mar plantado!...Pobres de espírito é que não somos, certamente!..)

X&Q206

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Olha a novidade!...


"Paulo Pereira Coelho vota ao lado do PS"

"O PSD tem cinco dos quatro vereadores do Executivo, o que coloca o "dissidente" Paulo Pereira Coelho como fiel da balança".

O que é uma grande xatice, digo eu!...

Lá e cá



“estão a cair os primeiros flocos de neve”.
, “o Inverno chegou, sem sombra de dúvida, mais cedo este ano”.
, depois de uma seca longa e penosa, temos o segundo dia de Inverno, com frio, vento e chuva.
, o Inverno parece ter chegado, mas, sem sombra de dúvida, atrasado.
, “a semana vai ser mais curta”.
, vai ser uma semana normal.

Visão da semana passada




Nestes dias climatericamente de “alerta laranja(devido aos ventos fortes que se fazem sentir, aconselha-se a todos os bloggers que fechem as janelas dos respectivos blogs a fim de evitarem possíveis acidentes), que bem que sabe recordar esta visão da semana passada, fixada pela máquina do Pedro Cruz.

Natal em Novembro!...

Foto sacada ao O jumentoNatal é quando o governo quiser!...

X&Q207


segunda-feira, 19 de novembro de 2007

domingo, 18 de novembro de 2007

Ginjinha do Rossio!...


Já era ...

"... standartizar , burocratizar, regulamentar, em suma tornar este mundo mais chato e cinzento...", é o que está a dar.

Como diria o Zé da Aldeia: "Porra, quem é que merece tanta higiene".

"Há notícia de algum internamento ou morte de algum consumidor da Ginjinha do Rossio nos últimos cem anos?
Pior que a falta de higiene na confecção da ginjinha é a falta de higiene mental."

Sodade

O "feioso"

JÁ DIZIA O GRANDE EÇA DE QUEIROZ: " Estamos perdidos há muito tempo...O país perdeu a inteligência e a consciência moral.Os costumes estão dissolvidos, as consciências em debandada. Os carácteres corrompidos (...) Ninguém crê na honestidade dos homens políticos."

Que exibição tão mazinha!...



Esta selecção está a precisar de um murro do Scolari...
“Só se salvaram os três pontos”...

Para desanuviar, porque vale a pena, leia a crónica “E Scolari ficou no meio da ponte”, escrita por João Pereira Coutinho, na Folha de S. Paulo.


“NÃO SOU herói. Não sou covarde. Sou um meio-termo. É a minha desgraça. Certo dia, tinha uns 14 ou 15 anos, envolvi-me em cena de pancadaria nas ruas. Para defender a honra de uma fêmea, levei de um macho. Barbaramente. Cheguei em casa e, com os olhos fora das órbitas, o meu pai, que Deus o tenha, deixou-me a lição de uma vida: quando bateres, bate para acertar. Caso contrário, o melhor é estares quieto. Quem fica no meio da ponte leva de todos os lados.
Foi impossível não lembrar estas sábias palavras quando Luiz Felipe Scolari partiu para um jogador sérvio com o propósito de lhe assentar os cinco mandamentos. Ponto prévio: sempre defendi Scolari. Quando o homem chegou a Portugal, o preconceito antibrasileiro, típico de selvagens com complexos de culpa colonial, crucificaram o homem nos jornais. Comigo não, violão. Comigo não, Felipão. Arregacei as mangas e lembrei uns fatos: o homem era campeão do mundo; o homem era bom; o homem, a prazo, conseguiria proezas que nenhum português conseguiu em cem anos de futebol.
Falei e disse. O homem não foi campeão do mundo, mas quase. Quarto lugar na última Copa do Mundo, um feito só igualado em 1966 (com o lendário Eusébio). E, quando Portugal organizou o torneio europeu em 2004, a equipe chegou à final, coisa nunca vista pelos patrícios. Perdeu para a Grécia, sim, mas perdeu bem. Felipão fizera o possível e o impossível para espremer leite de tetas secas.
O último jogo contra a Sérvia alterou tudo. Um empate nos últimos minutos, com gol miseravelmente ilegal. E, quando o sérvio -Dragutinovic, eis o nome- avançou sobre Scolari, as palavras do meu pai voltaram a ouvir-se do Além: quando bateres, bate para acertar. Caso contrário, o melhor é estares quieto.
Scolari não esteve quieto. Mas também não bateu para acertar. Ficou no meio da ponte e levou de todos os lados. Da Uefa, da torcida. Do presidente da República, do primeiro-ministro. Do açougueiro, do taxista. Só não levou do próprio sérvio, porque alguém o agarrou. Haverá perdão para tamanho fracasso?
Não creio. Fecho os olhos e a triste seqüência ainda hoje me assalta durante o sono. Scolari avança para o bicho. Avança trêmulo. Tenta um jab de esquerda, na melhor tradição do pugilismo clássico. Mas o movimento é tão denunciado, tão lento e tão fraco que o sérvio se esquiva com arrepiante facilidade. Pior: depois do falhanço, Scolari recua. Arrepende-se. Foge. O meu pesadelo termina com a bandeira de Portugal atirada para a lixeira. Às vezes, termina rasgada. Ou em chamas. Desperto da cama com um grito, ofegante e lavado em suor. E agora?
Agora, a Federação Portuguesa de Futebol já avisou que não tenciona demitir Scolari. Que pena. Que vergonha. Que miséria. Scolari desonrou Portugal. Não falo do empate. Não falo da agressão. Falo da ausência de agressão. Ou, se preferirem, de uma agressão iniciada e falhada. Ao não acertar no sérvio como ele merecia, Scolari mostrou uma falta de fibra que, mais cedo ou mais tarde, acabará por contaminar a equipe. Quem viver verá.”

sábado, 17 de novembro de 2007

liberdade, liberdade...

Quem sabe, sabe. Quem manda pode. Ponto final.





Há quem tenha mesmo jeito para gerir sorvedouros de dinheiros públicos.
Foi aqui...
A partir de Janeiro vai ser aqui.
Nem todos podemos ser frustrados na vida. Há quem faça o que gosta.

Boa Paulo ...

Casa, carro e tranquilidade

Foto Pedro Cruz

Cova-Gala - resultados do fim de semana

INFANTIS
INICIADOS

Não há pachorra...



Apetecia-me comentar isto, mas ando com pouco apetite pró futebol.

Apetecia-me comentar isto, mas ando com falta de ar.

Apetecia-me comentar isto, mas ando com pouca saude para fumar.

Apetecia-me comentar isto, mas não jogo a dinheiro.

Apetecia-me comentar isto, mas estou sem pachorra.

Um nível "sem definição de referência"

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

"Para quem não viu"..

... é só clicar aqui.

Concelhia do PSD continua na crista da onda...


...desta vez, "por causa de um cheque de 2.500 euros"...

Comentários laranjas ao diário As Beiras:

Lídio Lopes: "Este é que é um caso de polícia..."

José Elísio: "se algum canalha está a levantar suspeitas em relação a isso, é mais fraco que cocó de cachorro, que nem sequer serve para pôr no jardim. Isto é esterco autêntico!".

Citando, com a devida vénia o blogue quintopoder, realce para um pormenor, para os eventuais leitores não figueirenses: "ambos os dirigentes foram eleitos pela mesma lista do PPD/PSD nas últimas eleições municipais, ambos são vereadores executivos da Câmara Municipal, e ambos têm competências delegadas pelo respectivo Presidente."